Rodrigo Guerini

Vamos falar sobre pirataria?

Avalie este Post de Blog
20 Comentários
Não sou santo, bem longe disso (aliás o completo oposto), mas de um tempo para cá, cada vez mais sinto a necessidade de ter filmes e jogos de maneira original.

Antes de você jogar a pedra dizendo que meu Windows não é original, não é necessário, eu mesmo jogo. Ele não é, e até tempos atrás eu me vangloriava disso.

Acredito que tudo tenha começado com os dvds, que na época que eu comecei a comprá-los eram ainda bastante impopulares. Basicamente o preço de um original não era muito diferente de um falso. Desde então tenho uma generosa coleção com meus filmes e séries favoritos e outros nem tanto que foram "catados" em alguma promoção qualquer.

Dizer que cuidamos melhor daquilo que gastamos nosso suado dinheiro é, para mim, tanto chover no molhado, quanto incorreto. A coisa mais cara que eu já comprei foi meu carro e o trato como uma amante de carnaval. Já os dvd's, ai de quem tocar com mãos sujas. Pensando bem... Ai de quem tocar neles.

O assunto me veio a mente quando todas as pessoas que sabem que um ipad é destravável me perguntam se eu já o destravei e quando recebem a resposta negativa só faltam me crucificar. Como assim VOCÊ fica gastando dinheiro com isso?

Sim, porque destravar um 360 e você ganha o ponto negativo de poder ser banido na Live, agora os pontos negativos de se destravar um ipad beiram ao nenhum. Ou mesmo comprar jogos pelo Steam. Prá quê? Se no mesmo dia eles aparercem no Torrentleech?

Primeiro apelo que eu faço num caso desses é o preço. Eu concordo que gastar 200 reais em um jogo é muito, e embora seja um argumento relativamente inválido para quem gastou 1000 reais em sua compra é compreensível quando se pega jogos de 10 horas.

Mesmo assim, hoje em dia, quem realmente gasta 200 reais num jogo? Com opções mais baratas (e ilegais, de qualquer forma). Para mim, uma pessoa que compra um videogame e o destrava para jogar games, para mim é entendível. Comprar um pc de 800 reais e instalar um Windows pirata, igualmente entendível.

Ok, mas e quando vamos para jogos que custam 1, 2 dólares? A maioria dos jogos para iphone e ipad custam isso, e mesmo quando são mais caros raramente ultrapassam a fronteira dos 10 dólares. O mesmo para o Steam, que em final de ano e outras datas comemorativas é possível fazer a festa por um valor menor que uma ida no cinema.

Falando em filmes, dez anos atrás um dvd custava no lançamento R$ 49, no mínimo, soma-se a inflação e não é difícil entender porque tantas pessoas optaram pelos DVDs piratas, mas HOJE, comprar um DVD numa barraquinha enquanto o mesmo pode ser encontrado por menos de 15 reais em qualquer loja?

Questão de cultura? A idéia que o brasileiro sempre quer sair ganhando? Sempre esfregando na cara dos outros que se deu bem? Desinteresse em fazer aquilo que é correto? Facilidade em fazer o errado e dificuldade em fazer o certo? Costume?

Não sei a resposta para nenhuma destas questões, mas eu agradeceria muito se quando eu digo que tenho uma bela coleção de dvds as pessoas não me olhassem como um alienígena. Eu posso até ser, mas não por fazer o certo.

Retirado do meu blog: www.sanrojoga.com

Enviar "Vamos falar sobre pirataria?" para Facebook Enviar "Vamos falar sobre pirataria?" para Twitter Enviar "Vamos falar sobre pirataria?" para Google Enviar "Vamos falar sobre pirataria?" para Google+

  • Enviar Post de Blog por Email

Comentários

  1. Doutor Sysop -
    Avatar de Doutor Sysop
    Hoje eu uso programas piratas muito menos que antes, principalmente jogos, o que ajudou muito são as promocoes do steam, com jogos com descontos de 25%,50% e 75% não vejo o pq de não compra-los. Porem filmes/series ainda prefiro baixar do que comprar, principalmente series, hj tenho mais de 50 series estocadas no meu DROBO (series já terminadas como friends, x-files, startrek e etc) além das que vou acompanhando como V, Supernatural entre outras, isto seria impossivel pelos metodos convencionais (comprando ou assistindo pela TV/Cabo), por causa do preço. e pela sacanagem da programacao das TV's a cabo.
  2. Captn -
    Avatar de Captn
    Arrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
    Bom, eu ainda não tenho uma renda muito boa (ou renda nenhuma), por isso uso coisas piratas sem dó.

    O meu Iphone ainda tá bloqueado pq não conheço os riscos/benefícios ainda (to com ele ha uma semana). Se for seguro, não vejo por que não desbloquear mais tarde. Gastar no cartão de crédito ta fora de cogitação pra mim, se ainda pudesse pagar com créditos do celular ou na conta, compraria os apps originais sem pensar duas vezes.
  3. E.T. GLUGLU -
    Avatar de E.T. GLUGLU
    post sem noção
    foi do nada pra lugar nenhum
  4. mornion -
    Avatar de mornion
    Hoje tenho um X360 desbloqueado, mas, pelos jogos que realmente gostei e terminei, não faria diferença nenhuma se fosse bloqueado, pois a grana que seria gasta nesses jogos não seria tão alta assim. O mesmo para o Nintendo DS, apenas 5 (CINCO de zilhares) me prenderam.

    Meu notebook tem windows original tb, e digo, a comodidade de não precisar ficar atualizando patch, tomando cuidado com o que o win update baixa e ter suporte sempre que eu quiser (ja liguei pra testar, quase pedi o tel da mina de tão educada q foi haha), valem o dinheiro gasto.

    Meu Office é o 2003 que ganhei da empresa que trabalhava há uns 4 anos atras, e até hoje não vi necessidade de upgrade, apesar de sair mais barato se eu quiser.

    Concordo em tudo que o Mago disse, se vc ponderar, é perfeitamente possivel se manter sem pirataria.
  5. Rodrigo Guerini -
    Avatar de Rodrigo Guerini
    Citação
    Arrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
    Bom, eu ainda não tenho uma renda muito boa (ou renda nenhuma), por isso uso coisas piratas sem dó.

    O meu Iphone ainda tá bloqueado pq não conheço os riscos/benefícios ainda (to com ele ha uma semana). Se for seguro, não vejo por que não desbloquear mais tarde. Gastar no cartão de crédito ta fora de cogitação pra mim, se ainda pudesse pagar com créditos do celular ou na conta, compraria os apps originais sem pensar duas vezes.
    Lipex, qual a sua idade? Pelo seu post eu presumo que você deva ser um adolescente (sem renda...). No caso então, seriam seus pais que deveriam "comprar o software original".

    PS: Não estou fazendo patrulha ideológica, mesmo pq, comecei o texto desta forma, não sou santo e acompanho séries via download como o colega aí de cima disse, embora eu tenho o costume de quando gosto muito da série comprar ela original depois. Caso de Friends, que tenho ela completa aqui e Dexter, que conforme vai lançando vou pegando.
  6. Rodrigo Guerini -
    Avatar de Rodrigo Guerini
    Citação
    Concordo em tudo que o Mago disse, se vc ponderar, é perfeitamente possivel se manter sem pirataria.
    Grande problema de se manter assim, acredito, seja o hype. Se você acompanhar site de notícias de jogos, blogs, etc, sua vontade é de ter tudo aquilo, mesmo quando na verdade você não vai jogar nem metade.

    Ter tudo aquilo, para nós, de maneira original é fora de questão. Mas vejo por mim, baixei INÚMEROS jogos de PSP este ano (destravado aqui), mas se fosse comprar apenas aqueles que eu realmente joguei até o fim, com certeza, não teria gasto mais de 100 dólares. O que, convenhamos, não é muita coisa se pensarmos num ano inteiro.
  7. Rodrigo Guerini -
    Avatar de Rodrigo Guerini
    Citação
    post sem noção
    foi do nada pra lugar nenhum
    A idéia era abrir um debate, e não concluir um.
  8. Peleyer -
    Avatar de Peleyer
    Citação
    post sem noção
    foi do nada pra lugar nenhum
    Não é post, é blog, e é dele.
  9. Raafa -
    Avatar de Raafa
    Acredito que é possível mesmo ficar sem a pirataria, porém como já foi comentado, a parte de filmes e series não tão acessível. Sei que existem inúmeras coisas além disso, porém eu continuo a utilizar softwares piratas, porque muitas vezes você necessita do software apenas uma vez e não vejo o sentido de comprá-los nestes casos (um novo sistema de cobrança poderia ser criado.).
  10. Rodrigo Guerini -
    Avatar de Rodrigo Guerini
    Citação
    Acredito que é possível mesmo ficar sem a pirataria, porém como já foi comentado, a parte de filmes e series não tão acessível. Sei que existem inúmeras coisas além disso, porém eu continuo a utilizar softwares piratas, porque muitas vezes você necessita do software apenas uma vez e não vejo o sentido de comprá-los nestes casos (um novo sistema de cobrança poderia ser criado.).
    Verdade, não me vejo gastando centenas de reais comprando um office ou um adobe, pois preciso deste tipo de uso uma vez a cada mês, no máximo.

    Quanto ao office, mudei, agora uso o brOffice que é de graça. Para o meu uso, está mais do que ótimo, embora as vezes eu sofra com alguma incompatibilidade entre os softwares.

    Quanto ao editor de imagem, ainda estou procurando um de graça que atenda as minhas poucas necessidades.
  11. eduz07 -
    Avatar de eduz07
    Sem dúvida esta questão está relacionada a nossa cultura, de inconscientemente acharmos que o que é imaterial não tem valor. Questão que é bem diferente em outros países, digo isso pois vivo o outro lado da moeda.
    Sou desenvolvedor de apps pra iPhone e graças a Deus este ano tive condições de comparecer à WWDC (Worldwide Developers Conference) que a Apple promove anualmente para os desenvolvedores em San Francisco e é onde ela anuncia a nova versão do iPhone.
    Depois das palestras normalmente os developers saem pra tomar uma nos bares/pubs ao redor do Moscone Center e numa dessas saídas tive a oportunidade de bater um papo com um cara que trabalha junto com o Saurik (o cara que fez o Cydia, quem tem iPhone/iPad sabe do que estou falando). Durante a conversa ele me pergunta se meus apps já foram pirateados e eu respondi que sim, que é foda, a gente gasta um tempão, vende barato e vem um espertalhão e copia de graça. Ele me disse pra relaxar pois a pirataria nada mais é uma forma de "marketing" pois mesmo sendo uma cópia ilegal se seu app é bom ele vai ser comentado entre as pessoas. E ele me disse ainda: "Normalmente 10% das cópias dos apps são ilegais.", foi onde eu rebati: "Dos meus usuários brasileiros pelo menos 75% das cópias são ilegais". O cara não acreditou! Ai comecei a explicar que todo mundo aqui tem o costume de piratear windows, office, e que isso é praticamente "normal". Ele não conseguiu assimilar isso, não acreditava. E pelo que pude constatar conversando com outras pessoas de outros países, tirando a china, aqui é onde esse péssimo costume está mais enraizado na nossa cultura.
  12. Rodrigo Guerini -
    Avatar de Rodrigo Guerini
    Citação
    Sem dúvida esta questão está relacionada a nossa cultura, de inconscientemente acharmos que o que é imaterial não tem valor. Questão que é bem diferente em outros países, digo isso pois vivo o outro lado da moeda.
    Sou desenvolvedor de apps pra iPhone e graças a Deus este ano tive condições de comparecer à WWDC (Worldwide Developers Conference) que a Apple promove anualmente para os desenvolvedores em San Francisco e é onde ela anuncia a nova versão do iPhone.
    Depois das palestras normalmente os developers saem pra tomar uma nos bares/pubs ao redor do Moscone Center e numa dessas saídas tive a oportunidade de bater um papo com um cara que trabalha junto com o Saurik (o cara que fez o Cydia, quem tem iPhone/iPad sabe do que estou falando). Durante a conversa ele me pergunta se meus apps já foram pirateados e eu respondi que sim, que é foda, a gente gasta um tempão, vende barato e vem um espertalhão e copia de graça. Ele me disse pra relaxar pois a pirataria nada mais é uma forma de "marketing" pois mesmo sendo uma cópia ilegal se seu app é bom ele vai ser comentado entre as pessoas. E ele me disse ainda: "Normalmente 10% das cópias dos apps são ilegais.", foi onde eu rebati: "Dos meus usuários brasileiros pelo menos 75% das cópias são ilegais". O cara não acreditou! Ai comecei a explicar que todo mundo aqui tem o costume de piratear windows, office, e que isso é praticamente "normal". Ele não conseguiu assimilar isso, não acreditava. E pelo que pude constatar conversando com outras pessoas de outros países, tirando a china, aqui é onde esse péssimo costume está mais enraizado na nossa cultura.
    Precisa ser corajoso para ser desenvolvedor de software aqui no Brasil, hehe...

    Agora é pensar o que nós podemos fazer prá ajudar a mudar esta cultura. Por que imagino seja extremamente frustrante ter uma ideia e um trabalho seu roubado.
  13. Captn -
    Avatar de Captn
    Citação
    Lipex, qual a sua idade? Pelo seu post eu presumo que você deva ser um adolescente (sem renda...). No caso então, seriam seus pais que deveriam "comprar o software original".

    PS: Não estou fazendo patrulha ideológica, mesmo pq, comecei o texto desta forma, não sou santo e acompanho séries via download como o colega aí de cima disse, embora eu tenho o costume de quando gosto muito da série comprar ela original depois. Caso de Friends, que tenho ela completa aqui e Dexter, que conforme vai lançando vou pegando.
    Não sou mais adolescente, mas não tenho renda, vc tem razão.
    Certeza que vc entende como é dificil pedir dinheiro aos pais, ainda mais quando é pra diversão. Então ainda to com a minha consciencia tranquila.
  14. Voltroll -
    Avatar de Voltroll
    n to afim de gasta uma grana do caralho pra compra windows 7

    se tem de graça, pra q comprar?
  15. Rodrigo Guerini -
    Avatar de Rodrigo Guerini
    Citação
    n to afim de gasta uma grana do caralho pra compra windows 7

    se tem de graça, pra q comprar?
    Hm.. Justo. Agora se imagine no lugar de quem produz conteúdo... Se todos pensarem dessa forma, quem é que vai perder tempo produzindo alguma coisa?
  16. Frajola -
    Avatar de Frajola
    Bom, vamos por partes...

    1º DVD hojé é barato, pq está em desuso, vai ver quanto custa um Blu-Ray original em seu lançamento... eu me recuso a pagar R$ 79,90 num filme, que assistirei uma única vez com total interesse...

    2º Tenho um Nintendo Wii e me recuso a pagar R$ 250,00 num lançamento, sendo que o console custa pouco mais do dobro disso, R$ 150,00 em um jogo catálogo, também é piada de mal gosto.

    3º Muitas empresas já entenderam que a pirataria é uma tendência e promovem ela descaradamente, como alguém explica uma TV Samsung ler todo e qquer tipo de vídeo pela sua porta USB?

    4º As empresas pordutoras de conteúdo protegido por direitos autorais, deveriam pensar um pouco e criar formas alternativas de renda, por exemplo, num filme a reveita principal deveria ser bilheteria, a segunda deveria ser de patrocínios, a terceira de publicidade dentro dos próprios filmes e por fim, a venda de DVDs e Blu-rays deveria ser um pequeno complemento.

    A pirataria é uma tendência mundial, não por culpa exclusiva dos consumidores, mas por culpa das produtoras, que em sua ganância, querem ganhar rios de dinheiro com seus produtos.
  17. Rodrigo Guerini -
    Avatar de Rodrigo Guerini
    Citação
    A pirataria é uma tendência mundial, não por culpa exclusiva dos consumidores, mas por culpa das produtoras, que em sua ganância, querem ganhar rios de dinheiro com seus produtos.
    Se você produz alguma coisa você não tem o direito de cobrar aquilo que você quer dele?
  18. Frajola -
    Avatar de Frajola
    Citação
    Se você produz alguma coisa você não tem o direito de cobrar aquilo que você quer dele?
    Tudo é uma questão de ponto de vista e não existe uma verdade absoluta neste caso, se por um lado, as indústrias podem cobrar o que quiserem pelo seu entretenimento, as pessoas podem ter acesso ao entretenimento, sem pagar o direito autoral ou pagar pela propriedade intelectual, caso não possuam condições financeiras, uma vez que o lazer é um direito assegurado pela constituição federal em seu artigo 6.
  19. southjp -
    Avatar de southjp
    Para uso domestico sou a favor, e acho que a industria também.
    Imagina se o povo aprende a usar o Linux e o br office.
    E as empresas resolvessem usar isto também, já que teriam um bom número de pessoas capacitadas. Ou como arrumariam pessoas capacitadas e aptas a mexer no Autocad. (uns R$ 6.000,00).
    Acho que a indústria deveria agregar valor, como o PS3 e o Steam faz. Oferece a possibilidade de se jogar online... E muita gente paga por isto.
  20. Stephan Ringo -
    Avatar de Stephan Ringo
    A pirataria é injustificável para qualquer valor.

    Se você não tem renda para tirar proveito de tal nicho do entretenimento, você não faz parte do mesmo, trabalhe mais, ganhe mais.

    Existe lazer honesto para todas as rendas, o resto é "mimimi não quero pagar, me acho melhor que todo mundo".