Carranca

Review Pragmático do Benq XL2420Z - Parte 1/2

Avaliação: 3 votos, 4,67 média.
6 Comentários
Clique na imagem para versão maior

Nome:	 03.jpg
Visualizações: 1259
Tamanho: 1,02 MB
ID:	11396

Esta análise é direcionada a quem está farto de perder tempo com marketing demais e informação de menos. Se você está atrás de uma lista de recursos e especificações, pode procurá-la em qualquer um das dezenas de reviews copy & paste que existem por aí - e depois voltar pra cá.

Segue um registro diário desde o momento em que o novo monitor chegou até a minha experiência com os jogos.



Dia 1: Conhecendo o Benq XL2420Z

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 05.jpg
Visualizações: 568
Tamanho: 1,12 MB
ID:	11395

O manual não explica tecnicamente o que cada função do monitor faz. Ele se limita ao que a equipe de publicidade usou para descrever o produto. Para nós que não nos contentamos em ligar a tela e confiar nas predefinições padrão isso é algo que deixa muito a desejar.

Sem falar que um dos dois veio errado: a base ou o manual, pois o que o manual falava para fazer era baseado em indicações gravadas no metal que não correspondiam. Além disso, minha base veio dura demais para girar, só depois de muita força consegui soltá-la.

O driver do monitor para Windows vem em um CD. E só existe nesse CD. Não consegui encontrá-lo no site da Benq. Estaríamos em 1994 novamente, quando só existiam drivers em CDs? Aguarde que tem mais.

Não preciso nem descrever o prazer que é ter mais área útil de tela (mais células no Excel, mais linhas de programação, mais espaço no Paint.NET). Nos jogos, a sensação é estranha. Talvez eu esteja muito próximo da tela, minha bancada é estreita e meu monitor antigo tinha 19". Me sinto em um Arcade e não no meu PC, mas acho que isso é bom, não é?

À primeira vista, a configuração padrão de fábrica emitia um brilho e contraste tão intensos que quase me deram câncer. Para escrever isto no notepad tive de botar meu óculos de sol.

Devidamente protegido, parti para instalar o Blur Busters Strobe Utility e realizar os ajustes para a máxima remoção de motion blur. A melhora é gritante, mas em contrapartida o recurso Motion Blur Reduction (também conhecido como Lightboost ou Strobe Backlighting) do OSD (on-screen display) compromete bastante o brilho (o programa dos Blur Busters ajuda a combater isso).

Os presets (modos de imagem) estão dispostos em uma ordem fixa. Não se pode pular direto do primeiro pro último: primeiramente porque o menu não é cíclico, o que em 2014 é inaceitável; em segundo lugar porque a cada vez que o cursor se move o firmware carrega o próximo modo queira você ou não. Logo, para ir do Standard ao RTS é preciso carregar todos os 7 modos, o que leva 21 segundos. Novamente, inaceitável. Em um monitor nessa faixa de preço isso já seria indesejável 20 anos atrás.

Eis o que é ajustável pelo OSD para quem usa cabo DVI:

Brightness
0 a 100

Contrast
0 a 100

Low Blue Light
Reduz o componente azul da luz emitida para reduzir a fadiga visual. É fato que o componente azul da luz visível é o mais energético, mas a Benq não explica qual a diferença entre reduzir o azul na opção Color Temperature e na Low Blue Light. Por curiosidade, verifiquei que eles se acumulam. Obviamente, seu uso piora as cores que contêm azul.

Black eQualizer (sic)
Teoricamente aumenta o brilho nas partes escuras da imagem, sem afetar as partes claras. Na prática é inútil pois piora a qualidade da imagem e particularmente prefiro ver o jogo da forma que os desenvolvedores intentaram que eu visse.

Blur Reduction
Aumenta a nitidez de imagens em movimento (i.e. reduz o ghosting), diminui o brilho e gera flicker. A diminuição do brilho e a geração de flicker são naturais e fazem parte do princípio de funcionamento do backlight strobing. No entanto, esse flicker não incomoda a visão como o de um monitor com dimmer PWM.

Color Temperature
No modo Standard existem as opções "Normal", "Bluish", "Reddish" e RGB. No resto, só RGB.

AMA (Advanced Motion Accelerator)
Reduz o tempo de resposta GtG, retirando cor do ghosting (o resultado é uma espécie de "aura"). Opções: Off, High, Premium. O modo Premium adiciona mais ruído do que benefício.

Instant Mode
Reduz o processamento de imagem para diminuir o input lag. Reduz muito o ghosting. A contrapartida, em tese, seria a diminuição na qualidade da imagem, mas na prática é imperceptível.

Sharpness
0 a 10

Gamma
1 a 5

Senseye Demo
Divide a tela em duas. Modo Standard sempre à esquerda e a sua configuração à direita.

Dynamic Contrast
0 a 10

Display Mode
Reduz a área útil da tela de forma a emular outros tamanhos padrão de tela. São 6 opções, indo de 17" a 23"W.

Smart Scaling
Ajuste fino do Display Mode para tamanhos de tela intermediários.

Smart Focus
Muito semelhante à velha opção "apagar as luzes" do Youtube, escurece os arredores da tela para dar destaque a um retângulo no centro. Interessante pra quem quer descansar a vista, ou jogar um emulador em modo janela.


Cada modo de imagem trava e destrava ajustes; e isso não está no manual, o que me obrigou a resetar o bicho às configurações de fábrica e criar uma planilha para entender quais opções tenho e em quais delas posso mexer à vontade.

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 Benq XL2420Z excel.png
Visualizações: 675
Tamanho: 16,7 KB
ID:	11383

Em um determinado momento apareceu um stuck pixel azul na parte superior direita. Fiz uma massagem com o dedão e ele sumiu, para reaparecer depois de um minuto. Nessa hora fiquei meio apreensivo, mas insisti e massageei de novo, então ele sumiu e não voltou mais. A técnica da massagem funciona!



Dia 2: Personalizando os Modos de Imagem

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 06.jpg
Visualizações: 399
Tamanho: 105,3 KB
ID:	11394

Não estava satisfeito com a qualidade da imagem, especialmente as cores estranhas, então após uma extensa busca, descobri a única análise séria feita até então: https://pcmonitors.info/reviews/benq-xl2420z/

Lá eles reclamam basicamente dos mesmos problemas e depois dão a solução: baixar um "perfil ICC (International Color Consortium)" para esse monitor, o que é basicamente uma gambiarra para o Windows corrigir uma imagem impossível de corrigir usando apenas o OSD. Eu esperava que esse tipo de recurso não fosse necessário para um monitor de mais de 1000 reais.

Após seguir as orientações do site PC Monitors, finalmente consegui deixar a imagem do jeito que eu queria! Segue a config:

PERFIL "QUALIDADE DE IMAGEM"
Blur Busters Strobe Utility: Persistence 1.0ms, Crosstalk todo para a esquerda*
Refresh rate: 120Hz + Vertical Total 1350 Trick by Blur Busters (através do painel da Nvidia)*
ICC Profile da PC Monitors para 120Hz
Picture Mode: Standard
Brightness 60, Contrast 50, Low Blue Light 0, Blur Reduction off, Color Temperature 96/96/100, AMA high, Instant Mode on, Sharpness 5, Gamma 5.

*explicação na segunda parte da análise

Gravei esse perfil no slot "Gamer 1" e surpresa: Low Blue Light disponível, Gamma disponível e Black Equalizer indisponível! Isso vai de encontro às opções que o perfil Gamer 1 padrão habilita naturalmente (veja a planilha acima). Mais uma artimanha para o usuário descobrir sozinho e 10 pontos a menos para a Benq!

Olhando o lado bom da coisa, gravei meu perfil favorito em uma tecla, o que vai me poupar de ter de passear por todos os perfis entre Standard e Gamer através do menu OSD. Aí está o real motivo de terem incluído esse controlezinho que chamam de S Switch!

Clique na imagem para versão maior

Nome:	 16.jpg
Visualizações: 394
Tamanho: 77,9 KB
ID:	11384
O bendito S Switch



PWM Flicker

Para quem ainda tem dúvidas, sim o Benq XL2420Z passa no teste de flicker! Se abro uma tela branca e dou um adeus com a mão, o movimento dos meus dedos é visivelmente contínuo (não aparecem dedos extras). Depois fiz o teste da câmera de celular junto a um AOC 912Vwa com 50% de brilho e a diferença entre os dois novamente se fez evidente.

Repassando uma dica aqui no fórum: se seu monitor tem PWM Flicker, use o brilho bem alto que resolve. No AOC citado só começo a perceber flicker com o brilho abaixo de 80. Acima disso é tranquilo


Na hora de criar o perfil para descanso de vista (mesmas configurações do perfil de qualidade, com o "Low Blue Light" no máximo), descobri que ajuste de Low Blue Light não pode ser gravado nos botões do S-Switch. Então tive de apelar para editar o perfil RTS", que fica vizinho ao GAMER1. Menos 10 pontos para a Benq.

Seguir para a parte 2/2
5 Verdinhas, 0 Informação a verificar

Enviar "Review Pragmático do Benq XL2420Z - Parte 1/2" para Facebook Enviar "Review Pragmático do Benq XL2420Z - Parte 1/2" para Twitter Enviar "Review Pragmático do Benq XL2420Z - Parte 1/2" para Google Enviar "Review Pragmático do Benq XL2420Z - Parte 1/2" para Google+

Atualizado 19-12-2014 em 18:44 por Carranca

  • Enviar Post de Blog por Email

Comentários

  1. o protetor -
    Avatar de o protetor
    Ou man eu tbm possuo um monitor desses, mas o meu grava certinho as configurações no SWITCH,eu faço o seguinte arrumo a configuração do jeito que quero e depois seguro o um dos botões do SWITCH por 5 segundos e salva tudo certinho do jeito q eu fiz com low blue light on ou off l,black equalizer e etc...mas isso não vem ao caso agora ! Queria lhe fazer uma pergunta,eu uso esse monitor tbm no PS4 e gostaria de saber se essa tecnologia do LIGTHBOOST serve apenas para deixar o brilho conforme queremos ou se tem ganho de alguma coisa a mais além de que jogando no PS4 eu terei alguma vantagem em usar isso a não ser no controle do brilho !
    0 Verdinhas, 0 Informação a verificar
  2. Carranca -
    Avatar de Carranca
    Citação
    Ou man eu tbm possuo um monitor desses, mas o meu grava certinho as configurações no SWITCH,eu faço o seguinte arrumo a configuração do jeito que quero e depois seguro o um dos botões do SWITCH por 5 segundos e salva tudo certinho do jeito q eu fiz com low blue light on ou off l,black equalizer e etc...mas isso não vem ao caso agora ! Queria lhe fazer uma pergunta,eu uso esse monitor tbm no PS4 e gostaria de saber se essa tecnologia do LIGTHBOOST serve apenas para deixar o brilho conforme queremos ou se tem ganho de alguma coisa a mais além de que jogando no PS4 eu terei alguma vantagem em usar isso a não ser no controle do brilho !
    Huehuehue o lightboost não serve pra ajustar o brilho, champz. Veja a 2a parte do review que vc vai entender o que ele faz!
    0 Verdinhas, 0 Informação a verificar
  3. ZeroHertz -
    Avatar de ZeroHertz
    Eu tenho esse monitor também e ele mal serve pra games. Pra imagem é um completo lixo em todos os sentidos e configurações.
    0 Verdinhas, 0 Informação a verificar
  4. Carranca -
    Avatar de Carranca
    Citação
    Eu tenho esse monitor também e ele mal serve pra games. Pra imagem é um completo lixo em todos os sentidos e configurações.
    Não entendi. Pode elaborar nisso daí?
    0 Verdinhas, 0 Informação a verificar
  5. balsiferrer -
    Avatar de balsiferrer
    Tive que formatar o PC e aproveitei para instalar o Wundows 10. Não consegui colocar o monitor para trabalhar a 120hz com o Vertical Total 1350 Trick ativado... Ao ativar a resolução personalizada e entrar no OSD do monitor e verificar ele mostra a informação [email protected] Para mostrar [email protected]/120/144hz tenho q utilizar a resolução nativa. Alguém pode ajudar?
    0 Verdinhas, 0 Informação a verificar
  6. Carranca -
    Avatar de Carranca
    Não instalei o Windows 10 justamente para evitar dor de cabeça, ehehe.
    0 Verdinhas, 0 Informação a verificar