Rodrigo Guerini

Battleheart

Avalie este Post de Blog
7 Comentários
Retirado de www.sanrojoga.com.

Hm, ok.. Se você tem um iPod, iPhone ou iPad e gosta de jogos pare AGORA de ler este texto, vá a Apple Store e compre Battleheart. Enquanto estiver baixando, volte aqui e esteja convidado para ler o resto do texto.


Voltou? Ótimo. Espero que você tenha comprado mesmo, porque quando acabar este artigo você estará louco querendo jogar Battleheart imediatamente. Mas se você não acredita em mim e ainda não foi na Apple Store terá que esperar todo o tempo de download. A escolha é sua.

Battleheart é um RTS - estratégia em tempo real - para iOS feito da maneira certa. Diversos jogos para iPhone utilizam aqueles horrorosos joysticks na tela. É uma forma de contornar o fato de que os aparelhos da Apple não possuem botões para a jogatina. No fundo, no fundo, basicamente são jogos que deveriam estar rodando em outra plataforma que foram enfiados dentro do iOS.

Já a nova criação da Mika Mobile não. Battleheart foi criado pensando no iPhone, pensando naquilo que melhor define as plataformas do iOS, a tela multitouch não serve para um joystick virtual, mas para se jogar em si. E isto é tão certo, mas tão certo que você fica se perguntando: "Por que todo mundo não faz isso?"

Acontece assim, você controla quatro personagens baseados nos clássicos de qualquer RPG dos últimos 30 anos - guerreiro, mago, monge, bardo, você entendeu. Cada um com suas habilidades características. Cada partida seu grupo é colocado numa paisagem onde você irá enfrentar hordas e hordas de inimigos.


Pikachu! Eu escolho você.

Os controles não poderiam ser mais simples. Selecionar um de seus personagens é feito apenas tocando neles. Enviar o seu rogue contra aquele imenso Troll? Simplesmente arraste uma linha entre o seu herói e o adversário. Curas, movimento, habilidades tudo funciona com um toque do dedo. E o melhor, multi-toques, então enviar seu bárbaro e seu mago atacar um adversário pode ser feito tudo ao mesmo tempo.

Sabe como os novos RPG's estão cada vez mais complexos? Final Fantasy X de quase 10 anos atrás já precisava de um guia completo para mexer naquelas malditas habilidades e não perder um ponto por bobagem. Então, Battleheart joga tudo isso pela janela. Os equipamentos são claros e você não vai perder 2 segundos verificando se o novo loot é melhor do que aquilo que você já tem.



Porco rosa? Piggy? É você?

Nada de buscar na internet qual é a melhor combinação de habilidades e equipamentos. Aqui as escolhas de habilidades são tão óbvias quanto: "aumentar 30% o dano da bola de fogo" ou "espalhar o dano da bola de fogo nos adversários próximos". Assim você escolhe aquilo que você prefere na hora de iniciar um mapa. Para enfrentar vários inimigos ou um único gigantesco e divertido chefão.

Os inimigos são bastante variados, quando você está quase achando que os desenvolvedores só irão repetir os padrões até o momento, um adversário com uma mecânica completamente nova surge e a sua estratégia que estava funcionando bem até então tem que ser revista.


One eye to see them all

Agora nada se compara as batalhas contra os chefes. Épicas, épicas, épicas! E em alguns momentos difíceis. Mas é ótimo saber que modificar um personagem na sua party ou mesmo algumas habilidades, ou ainda a maneira como você usa estas habilidades pode mudar drasticamente o resultado de uma luta. De uma vitória expressiva a uma derrota humilhante.

O jogo ainda mistura outros elementos de RPG como os leveis. A cada 5 você poderá escolher uma nova habilidade para o seu personagem. Mas nada de traumático, além de serem skills lindas visualmente, efetivas e que acabam se complementando com as outras habilidades de seus personagens, você poderá voltar atrás a qualquer momento. Não gostou de uma magia, ou ela não é efetiva contra um chefão particularmente difícil, simplesmente troque. Quantas vezes quiser.


A clériga está piscando para mim?

E quando eu digo que elas são lindas visualmente, eu não estou brincando. Embora o jogo em si tenha gráficos simples, são belos. E é extremamente gratificante soltar um imenso meteoro na cabeça de vários inimigos. Aliás, gratificante é a palavra! Durante as horas que você será sugado neste mundo, tudo que você faz cria uma sensação de recompensa que lhe força a jogar "apenas" mais uma fase.

Fora que as classes são tão diversas que você ficará perdido entre seguir em frente para descobrir novos mundos e adversários ou pegar um recruta diferente e conhecer as suas habilidades. Mas nada de intermináveis sessões de grind. Duas batalhas em um nível alto já são suficientes para trazer aquele novo recruta a ponto de massacrar inimigos.

A interface fora da batalha poderia ser um pouco melhorada, nada que um pequeno patch não possa ajudar, mas não há absolutamente nada, NADA, que possa, nem minimamente desabonar Battleheart. É sem dúvidas o melhor jogo lançado este ano para o iOS e está para esta plataforma como Uncharted 2 está para Playstation 3. Ou seja, se você tem um iPhone/iPod/iPad e ainda não tem este game você é um otário e merece que a sua namorada te chifre.


O chefão em formato de geléia mais divertido que eu matei na última década.

E TUDO ISTO por apenas US$ 2,99. Sério, se exite uma única coisa errada sobre Battleheart é o preço. Ele deveria custar no MÍNIMO 10 dólares. Então antes dos caras da Mika perceberem isto, compra logo. Vai, agora!

Battleheart US$ 2,99 - iPhone, iPod e iPad.

Trailler:


Fonte: SanroJoga.com

Enviar "Battleheart" para Facebook Enviar "Battleheart" para Twitter Enviar "Battleheart" para Google Enviar "Battleheart" para Google+

Assuntos: battleheart
  • Enviar Post de Blog por Email

Comentários

  1. Peleyer -
    Avatar de Peleyer
    Achei difícil, não passei do primeiro boss...
  2. Rodrigo Guerini -
    Avatar de Rodrigo Guerini
    Citação Citando Peleyer
    Achei difícil, não passei do primeiro boss...
    hehe, primeiro boss foi sussegado, apanhei um pouco dessa gosma aí que eu coloquei no post.

    É tudo questão de ter personagens no nivel certo (se você ficou trocando muito, talvez aí esteja um problema) e as skills na hora certa.
  3. respider -
    Avatar de respider
    apanhei pra gosma tambem... fui passar na quarta ou quinta tentativa (após escolher os skills certos)
  4. Rodrigo Guerini -
    Avatar de Rodrigo Guerini
    Citação Citando respider
    apanhei pra gosma tambem... fui passar na quarta ou quinta tentativa (após escolher os skills certos)
    Eu precisei de lvl 15 com o healer para poder usar aquela skill de aumento de heal... Ai ficou "fácil".

    Por fácil, estou querendo dizer, tenso prá kct, mas deu prá controlar com heal e escudo e heal em área na hora certa.

    Em tempo, acho que passei só depois da 10ª desistência, rs. Tive que voltar prá dar leveling no healer
  5. LostOne -
    Avatar de LostOne
    Acabei de passar da gosma, foi first try... o lance eh soh kitar ela... eh demorado mas bem facil.
  6. Rodrigo Guerini -
    Avatar de Rodrigo Guerini
    Citação Citando LostOne
    Acabei de passar da gosma, foi first try... o lance eh soh kitar ela... eh demorado mas bem facil.
    Seu tank é bundão... Tem que levar porraaaaada...


    hehheheheh :P
  7. dantherion -
    Avatar de dantherion
    Peguei agora heheh muito louco o game! =)